VOLUME 5 - NÚMERO 3 2015

Editorial
Caso Clínico Interativo
Imagem
Artigo Original

4 - Pneumonia associada à ventilação mecânica em neonatologia: um estudo retrospectivo

Ventilator associated pneumonia in neonatology: a retrospective study

Neumonía asociada a la ventilación mecánica en Neonatología: un estudio retrospectivo

Maria Augusta de Macedo Wehbe; Suzana Angelica Silva Lustosa; Ana Paula Ferreira da Rocha; Ilana Vital Dantas de Oliveira

Resid Pediatr. 2015;5(3):118-121

Resumo PDF Português PDF Español
OBJETIVO: Avaliar a prevalência de pneumonia associada à ventilação mecânica (PAV) em unidade de terapia intensiva neonatal do município de Volta Redonda; descrever os principais fatores de risco para PAV e identificar medidas preventivas adotadas para a redução da ocorrência de casos novos. MÉTODOS: Estudo retrospectivo por meio da análise de prontuários de neonatos submetidos à ventilação mecânica por mais de 48 horas, que estiveram internados entre os anos de 2011 a 2013, na unidade de terapia intensiva neonatal, do Hospital São João Batista, do município de Volta Redonda, RJ. RESULTADOS: Foram diagnosticados 18 pacientes com pneumonia associada à ventilação mecânica na UTI neonatal do Hospital São João Batista, entre os anos de 2011 e 2013. Foram dez casos no ano de 2011 (55,55%); quatro casos no ano de 2012 (22,22%) e quatro casos no ano de 2013 (22,22%). Neste estudo foram identificados os fatores de risco para PAV e as medidas preventivas necessárias para a redução do número de casos. CONCLUSÃO: A prevalência de PAV pode ser reduzida quando identificamos os seus principais fatores de risco e implementamos medidas preventivas nas unidades de terapia intensiva.

5 - Hipoxemia como preditor de gravidade em pacientes internados com pneumonia

Hypoxemia as a predictor of severity in hospitalized patients with pneumonia

Hipoxemia como predictor de gravedad en pacientes internados con neumonía

Maria Anáide Zacchê de Sá Abreu e Lima; Luiza Menezes Vieira de Mello; George Henrique Cordeiro Serra; Débora Ellen Pessoa Lima; Eduardo Jorge da Fonseca Lima

Resid Pediatr. 2015;5(3):122-127

Resumo PDF Português PDF Español
OBJETIVOS: Analisar a presença de hipoxemia na admissão de pacientes com pneumonia, correlacionando com a evolução clínica insatisfatória e o surgimento de complicações. MÉTODOS: Série de casos com 120 pacientes, de 1 mês a 5 anos de idade, internados por pneumonia no ano de 2012 em um hospital de referência do Recife. Foram analisadas variáveis demográficas, clínicas e de desfecho final. O diagnóstico de pneumonia foi baseado nos critérios clínicos e radiológicos. Hipoxemia foi considerada quando a saturação de oxigênio foi < 92% e/ou houve uso de oxigênio durante o internamento hospitalar. RESULTADOS: 58 pacientes (48,3%) internados com pneumonia apresentaram hipóxia. 48 crianças (40%) tinham menos que 1 ano de idade e apenas 33 (27,5%) eram maiores que 2 anos. A frequência de baixo peso ao nascer foi de 16% e a associação desta variável com hipóxia foi significante (p < 0,02). Prematuridade foi encontrada em 10,6%. 105 pacientes (87,5%) foram classificados como pneumonia grave ou muito grave. Derrame pleural ocorreu em 30 pacientes e destes, 18 (60%) apresentaram hipóxia. A forma de oxigênio mais utilizada foi a máscara de Venturi (48%). A duração do internamento foi de até 7 dias em 90,8%. Houve necessidade de transferência de 3 pacientes para a UTI (2,5%) e a taxa de letalidade foi de 2,5%. CONCLUSÕES: Nosso estudo ressaltou a importância da saturometria na admissão de pacientes com pneumonia e reforça sua realização na rotina, já que consideramos a hipoxemia como um preditor de evolução clínica desfavorável.
Artigo de Revisão

6 - Imunoestimulantes na prevenção de infecções respiratórias em idade pediátrica

Immunostimulants in the prevention of respiratory infections in children

Inmunoestimulantes en la prevención de infecciones respiratorias en edad pediátrica

Marcos Roberto Martins Sanches; Alexandra Beatriz Antunes Coelho; José Manuel Onofre

Resid Pediatr. 2015;5(3):128-131

Resumo PDF Português PDF Español
OBJETIVOS: Apesar da controvérsia existente acerca da eficácia clínica e desconhecimento sobre a segurança dos imunoestimulantes, estes são frequentemente utilizados na prevenção das infecções respiratórias em crianças. O objetivo dos autores é rever a evidência disponível sobre a eficácia e segurança dos imunoestimulantes na prevenção de infecções respiratórias em crianças. MÉTODOS DE REVISÃO: Pesquisa de revisões sistemáticas, metanálises e ensaios clínicos aleatorizados e controlados, usando os termos MeSH: respiratory tract infection, prevention e bacterial lysate. Para avaliação dos níveis de evidência e atribuição de forças de recomendação, foi utilizada a escala Strenght of Recommendation Taxonomy (SORT) da American Academy of Family Physicians. RESULTADOS: Foram encontrados 29 artigos, dos quais quatro cumpriram os critérios de inclusão: duas metanálises e duas revisões sistemáticas. Todos os artigos demonstraram que os imunoestimulantes em geral (nível de evidência 2) e, em particular, o OM-85 BV (Broncho-Vaxom®) (nível de evidência 1) reduzem a incidência de infecções respiratórias em crianças com história de infecções respiratórias recorrentes com segurança. CONCLUSÕES: A evidência disponível suporta a eficácia dos imunoestimulantes na prevenção secundária de infecções respiratórias em crianças (SORT B) e em particular o OM-85 BV (SORT A). São fármacos seguros em crianças (SORT B). No futuro serão necessários mais ensaios clínicos aleatorizados controlados com maior seguimento e que clarifiquem outras questões como o papel dos imunoestimulantes na prevenção primária de infecções respiratórias ou da sua eficácia de acordo com o tipo de infeção respiratória.
Relato de Caso

7 - Baixa estatura como apresentação inicial da síndrome de Bartter

Short stature as the initial presentation of Bartter's syndrome

Baja estatura como presentación inicial del Síndrome de Bartter

Glaura Nísya de Oliveira Cruz; Mayra Pimenta Fernandes; Suellen da Silva Santos

Resid Pediatr. 2015;5(3):132-134

Resumo PDF Português PDF Español
A síndrome de Bartter (SB) é uma desordem crônica herdada, conhecida como uma tubulopatia perdedora de sal. É caracterizada por distúrbios hidroeletrolíticos e metabólicos significativos, evidenciados por hipocalemia e alcalose metabólica. As crianças acometidas apresentam acentuado retardo no crescimento, além de sintomas inespecíficos como desnutrição, poliúria, vômitos e episódios frequentes de desidratação. Os autores descrevem um caso de um paciente de 3 anos em investigação de baixa estatura, que apresentava em exames laboratoriais quadro de hipocalemia associada a alcalose metabólica. Após a introdução de tratamento específico para SB, houve resolução do distúrbio hidroeletrolítico, e ganho pondero-estatural satisfatório. O objetivo dos autores é relatar um caso clínico de SB e mostrar o impacto desta síndrome no crescimento e desenvolvimento infantil.

8 - Síndrome de diferenciação na leucemia promielocítica aguda: relato de caso pediátrico no HC-UFTM

Differentiation syndrome in acute promyelocytic leukemia: report of a pediatric case in HC-UFTM

Síndrome de diferenciación en la leucemia promielocítica aguda: relato de caso pediátrico en el HC-UFTM

Vanessa de Paula Tiago; Valéria Cardoso Alves Cunali

Resid Pediatr. 2015;5(3):135-138

Resumo PDF Português PDF Español
O uso do ácido all-trans-retinoico (ATRA) no tratamento de leucemia promielocítica aguda está associado, em 5% a 20% dos pacientes, a uma condição conhecida como síndrome de diferenciação. A apresentação clínica inclui sintomas respiratórios decorrente de lesão pulmonar associados a outros sintomas sistêmicos. Este caso chama a atenção para a necessidade do diagnóstico precoce, devendo o tratamento adequado ser imediatamente introduzido.

9 - Estenose subglótica adquirida em recém-nascido sem fatores de risco tratados por laringoplastia: relato de caso

Balloon laryngoplasty for acquired subglottic stenosis in newborns with no risk factors: case report

Estenosis Subglótica Adquirida en recién nacido sin factores de riesgo tratado por Laringoplastía

Germana Jardim Marquez; Andre Rezek Rodrigues; Mikhael Romanholo El Cheikh; Paula Pires Souza; Marcus Cavalcante Oliveira Araújo; Melissa Ameloti Gomes Avelino

Resid Pediatr. 2015;5(3):139-141

Resumo PDF Português PDF Español
A estenose subglótica (ESG) adquirida é um estreitamento da endolaringe e uma das causas mais comuns de estridor e desconforto respiratório em crianças. Em crianças, a subglote representa o ponto mais estreito da via aérea, o que torna essa região mais propensa a estenoses. OBJETIVO: Relatar dois casos de estenose subglótica adquirida aguda em recém-nascidos sem fatores de riscos importantes que justificassem o desenvolvimento da mesma e que evoluíram bem após laringoplastia com balão. CONCLUSÃO: A laringoplastia com balão deve ser considerada como primeira linha de tratamento nas estenoses subglóticas tanto agudas como crônicas, sendo que nos casos agudos o sucesso chega a 100%, evitando-se a realização de traqueostomias.

10 - Lupus Neonatal: Relato de caso

Neonatal lúpus: Case report

Lupus Neonatal: Relato de caso

Ana Luíza dos Santos; Maile Vidigal Prates; Gil Simões Batista; Márcia Galdino Sampaio

Resid Pediatr. 2015;5(3):142-147

Resumo PDF Español
Neonatal Lupus is a congenital syndrome that occurs because of the transplacentary transmission of antibodies anti-Ro/SSA and anti-La/SSB. These antibodies act in the fetus leading to cardiac, hepatic, hematologic, dermatologic, pulmonary and neurologic alterations. The cardiac manifestations are the most serious. The Congenital Cardiac Blockage is the most severe complication and it can lead to a condition that needs a pacemaker implantation or to death. Therefore, the premature diagnostic of the Neonatal Lupus is extremely important, allowing a correct follow up of the patient and the conduct that is more adequate.
Ética Médica
TOP: Tópicos Obrigatórios em Pediatria
Resenha
Fique Alerta!

14 - Novas restrições para minimizar os riscos de efeitos no ritmo cardíaco associados à utilização de medicamentos que contêm hidroxizina

New constraints to minimize the risk of effects on the rate heart associated with the use of medicinal products containing hydroxyzine

Nuevas restricciones para minimizar el riesgo de efectos sobre la frecuencia cardiaca asociada con el uso de medicamentos que contienen hidroxizina

Gil Simoes Batista

Resid Pediatr. 2015;5(3):153

PDF Português PDF Español